O homeschooling no Brasil atual seria um caminho para a melhoria da educação?

26 de agosto

PROPOSTA 17        26/08/2019

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO

1.Seu texto deve ser escrito na modalidade culta da língua portuguesa e à tinta em até 30 linhas.

2.Serão desconsideradas as linhas copiadas dos textos motivadores.

3.Receberá nota zero a redação que se enquadrar nas seguintes características:

3.1.tiver até 7 (sete) linhas escritas;

3.2.fugir ao tema ou não for do tipo dissertativo-argumentativo;

3.3.apresentar parte do texto deliberadamente desconectada da proposta temática.

TEXTOS MOTIVADORES

Texto I

Como funciona o homeschooling?

O próprio nome já diz a filosofia básica do homeschooling. Nele, a criança não frequenta escolas convencionais e, assim, todo o seu aprendizado é adquirido em casa, tendo pais ou professores particulares como supervisores. Mesmo que não haja a rotina escolar, pode ser adotado um currículo preestabelecido similar ao que é adotado na instituição de ensino.

O ritmo e os conteúdos aplicados são decisões das famílias. No dia a dia do aluno, não há colegas ou outros professores, apenas, aqueles diretamente relacionados à sua educação. Isso configura um dos principais pontos defendidos pelos homeschoolers, a flexibilidade de horários e das atividades.

Nos países onde a prática é regulamentada, os alunos são submetidos a avaliações anuais para comprovar o desenvolvimento dos conteúdos. Nos testes, normalmente, os alunos respondem a perguntas, fazem deduções em suas observações, usam computadores, entre outras linhas de raciocínio.

Quais países já adotaram o homeschooling?

Atualmente, cerca de 63 países praticam a educação domiciliar. Nos Estados Unidos, há cerca de 2 milhões de crianças educadas fora da escola, a maior parte delas, por convicções religiosas. Entre os anos de 1999 e 2010, o crescimento de adeptos foi superior a 100% e os resultados começam a aparecer.

Levantamentos no país mostram que, nos últimos anos, os alunos educados em casa têm ganhado grande quantidade de prêmios em concursos culturais. Mesmo correspondendo a 2% da população escolar, em 2014, sua participação como finalistas nas competições equivalia a 14% dos concorrentes no concurso de soletração da Harvard, por exemplo.

Na Rússia, a ampliação da prática foi de 900% entre 2008 e 2012. A prática, também, é legalizada na França, Bélgica, Canadá, Austrália, Noruega, Itália, Nova Zelândia, Áustria e em Portugal. A aplicação pelas famílias depende da legislação de cada país, bem como o acompanhamento dos alunos.

Vantagens e desvantagens do homeschooling

As vantagens e desvantagens relacionadas ao homeschooling são, na verdade, apontadas por seus defensores e opositores. Os homeschoolers apontam vantagens que rebatem os argumentos de quem é contra a prática. Entre eles, estão:

  • interação intelectual: a criança não se sente inibida para questionar sobre os temas estudados;
  • educação personalizada: ao contrário das salas de aula, nas quais cada professor é responsável por uma turma de até 30 alunos, em casa, o tutor é responsável para até três crianças;
  • flexibilização de conteúdo: o que vai ser ensinado às crianças é definido pelos pais;
  • falta de controle da escola, o que significaria melhor adaptação às diversas fases da vida;
  • flexibilidade de horários e passeios;
  • desenvolvimento da autoconfiança por meio do estímulo às habilidades que podem melhorar o desempenho em todas as matérias;
  • resultados comprovados internacionalmente.

Disponível em: https://www.gazetadopovo.com.br/educacao/educacao-em-casa-o-que-trava-o-homeschooling-no-brasil-dy3xg0bq6z9p1o7220ehhc3z3/acesso em 25/08/2019 às 18:17 /adaptado.

Texto II

O QUE A LEI BRASILEIRA DIZ SOBRE O ASSUNTO?

No Brasil, a legislação coloca a educação simultaneamente como um direito e um dever.

De acordo com o Artigo 6° da Constituição Federal, a educação é um direito social que deve ser garantido pelo Estado. Mas os pais também compartilham da responsabilidade de garantir o acesso dos filhos à educação.

De acordo com o Artigo 6° da Lei de Diretrizes e Bases Educacionais (LBD, 1996):

“É dever dos pais ou responsáveis efetuar a matrícula das crianças na educação básica a partir dos 4 (quatro) anos de idade.”

A partir deste Artigo, fica estabelecida a obrigatoriedade de crianças e jovens frequentarem a escola, estando sujeitos a ações judiciais os pais que não cumprirem essa responsabilidade. Em função disso, o ensino domiciliar não seria possível.

Disponível em: https://escolaeducacao.com.br/homeschooling/acesso em 25/08/2019 às 18:19

Texto III

Disponível em: https://www.google.com/search?rlz=1C1SQJL_pt-BRBR850BR851&biw=1680&bih=917&tbm=isch&sa=1&ei=rPtiXa37IMOu5OUPxr6GsAo&q=desempenho+de+alunos+de+homeschooling+em+outros+pa%C3%ADses+grasico&oq=desempenho+de+alunos+de+homeschooling+em+outros+pa%C3%ADses+grasico&gs_l=img.3…3453.4769..5571…0.0..0.142.887.0j8……0….1..gws-wiz-img.zcGNuvhGLwk&ved=0ahUKEwitgfbl-Z7kAhVDF7kGHUafAaYQ4dUDCAY&uact=5#imgdii=dPQgVY3YNVHtKM:&imgrc=A3x-twBuc4kPLM:/acesso em 25/08/2019
às 18:26.

PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “O homeschooling no Brasil atual seria um caminho para a melhoria da educação?”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.