O aumento da violência no Brasil atual

28 de julho

PROPOSTA 14        28/07/2019

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO

1.Seu texto deve ser escrito na modalidade culta da língua portuguesa e à tinta em até 30 linhas.

2.Serão desconsideradas as linhas copiadas dos textos motivadores.

3.Receberá nota zero a redação que se enquadrar nas seguintes características:

3.1.tiver até 7 (sete) linhas escritas;

3.2.fugir ao tema ou não for do tipo dissertativo-argumentativo;

3.3.apresentar parte do texto deliberadamente desconectada da proposta temática.

TEXTOS MOTIVADORES

Texto I

Violência no Brasil alcança novo recorde e expõe desigualdade na segurança

País registrou 63.880 homicídios em 2017, sete por hora, e 60.018 estupros, 8,4% acima da cifra do ano anterior

Não há nenhum conflito bélico declarado no Brasil, mas matam-se mais cidadãos que em muitos países em guerra. Só em 2017 foram registrados 63.880 homicídios, ou seja, 175 pessoas assassinadas por dia, a um ritmo superior de sete por hora, segundo novos dados da ONG Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Destas mortes, que representam um aumento de 2,9% em comparação a 2016, 4.539 vítimas eram mulheres, e 1.133 foram casos de violência doméstica. Os estupros também cresceram, 8,4%: foram 60.018 naqueles 12 meses. São novos recordes históricos para o maior país latino-americano, onde os índices de violência não pararam de subir nos últimos três anos.

Esse aumento delata até onde chega a desigualdade no Brasil. Na verdade, a maior parte do país conseguiu reduzir o número de homicídios; o aumento se concentra em apenas 12 Estados do Norte e Nordeste, os mais pobres do país, mas é uma alta tão intensa que acaba puxando as cifras do país inteiro. Enquanto São Paulo, o Estado mais rico, registra 10,7 homicídios para cada 100.000 habitantes, o Rio Grande do Norte, um dos mais pobres, tem 68. Assim, a média brasileira fica em 30,8 homicídios por 100.000 habitantes. Até agora, sempre havia estado abaixo de 30.

Disponível em: https://brasil.elpais.com/brasil/2018/08/09/politica/1533834219_933937.html/acesso em 17/06/2019 às 19:07

Texto II

Disponível em: https://www.google.com/search?rlz=1C1SQJL_pt-BRBR850BR851&biw=1680&bih=868&tbm=isch&sa=1&ei=yAkIXe_BM6-d5OUPsOq3gA8&q=camapanha+contra+a+violencia&oq=camapanha+contra+a+violencia&gs_l=img.3…420417.424045..424199…0.0..0.160.2706.21j7……0….1..gws-wiz-img…….0i67j0.Z2idx9PSEjE#imgrc=sJjX9Z509qEOuM:/acesso em 17/06/2019 às 19:02

Texto III

Jovem morre ao tentar proteger a mãe no RJ

O crime aconteceu em Barra de Guaratiba, zona oeste da capital fluminense. Vítima levou um tiro no pescoço e outro na mão

O estudante de psicologia Matheus Lessa, de 22 anos, foi morto na noite de terça-feira (15/1) ao tentar proteger a mãe durante um assalto. O crime aconteceu em Barra de Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro. Mãe e filho estavam em uma mercado que pertence à família, quando dois homens armados anunciaram o assalto. A mãe estava no caixa. Ela entregou todo o dinheiro aos assaltantes e disse que não havia mais nada.

Disponível em: https://www.metropoles.com/brasil/policia-br/jovem-morre-ao-tentar-proteger-a-mae-em-assalto/acesso em 17/06/19 às 19:20

Texto IV

Disponível em: https://www.google.com/search?q=mapa+da+violencia+no+brasil+2019&rlz=1C1SQJL_pt-BRBR850BR851&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiy9aC5vvHiAhUOK7kGHZkKCD8Q_AUIESgC&biw=1680&bih=917#imgrc=KGQRsSVYlZSIGM:/acesso em 17/06/2019 às 18:47

PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “O aumento da violência no Brasil atual”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.