A falta de moradia digna no Brasil

14 de julho

PROPOSTA 12         14/07/2019

ORIENTAÇÕES PARA A REDAÇÃO

1.Seu texto deve ser escrito na modalidade culta da língua portuguesa e à tinta em até 30 linhas.

2.Serão desconsideradas as linhas copiadas dos textos motivadores.

3.Receberá nota zero a redação que se enquadrar nas seguintes características:

3.1.tiver até 7 (sete) linhas escritas;

3.2.fugir ao tema ou não for do tipo dissertativo-argumentativo;

3.3.apresentar parte do texto deliberadamente desconectada da proposta temática.

TEXTOS MOTIVADORES

Texto I

33 milhões de brasileiros não têm onde morar, aponta levantamento da ONU

Situação favorece aumento de ocupações como a do Edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após um incêndio, em São Paulo. No DF, há deficit de 132 mil moradias

A ruína do edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou após um incêndio, revela um problema crônico no Brasil: o deficit de moradia. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), revela que subiu 1,4% o número de invasões no país entre 2016. São 145 mil domicílios nessa situação, ante 143 mil em 2015. Faltam no país 6,3 milhões de domicílios, segundo levantamento feito em 2015 pela Fundação João Pinheiro (FJP).

Marco da arquitetura modernista, o prédio construído na década de 1960 estava ocupado pelos sem-teto do Movimento de Luta Social por Moradia havia seis anos. Cerca de 170 famílias viviam no local. São Paulo é recordista no ranking do deficit habitacional: faltam 1,3 milhão de residências. Completam a lista Minas Gerais (575 mil), Bahia (461 mil), Rio de Janeiro (460 mil) e Maranhão (392 mil). No DF, há uma carência de 132 mil moradias.

Disponível em https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/brasil/2018/05/03/interna-brasil,678056/deficit-de-moradias-no-brasil-chega-a-6-3-milhoes-sp-tem-a-maior-defa.shtml/acesso em 14/04/19 às 10:05.

Texto II

Incêndio atinge prédio ocupado por sem-teto no centro de São Paulo

Fogo no sexto andar de prédio na rua Brigadeiro Tobias foi controlado, sem deixar vítimas.

Um prédio ocupado por sem-teto na rua Brigadeiro Tobias, no bairro da República, no centro de São Paulo, sofreu um incêndio na noite desta quarta-feira, 21. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo atingiu o sexto andar, que não estava ocupado, e foi controlado, sem deixar feridos.

Os bombeiros abriram o chamado às 21h14 e, pouco mais de uma hora depois, informaram que o fogo estava extinto e que os trabalhos de rescaldo haviam sido iniciados.

Disponível em: https://veja.abril.com.br/brasil/incendio-atinge-predio-ocupado-no-centro-de-sao-paulo/acesso em 14/04/19 às 10:28.

Texto III

Disponível em: https://www.google.com/search?rlz=1C1CHZL_pt-BRBR718BR719&biw=1366&bih=576&tbm=isch&sa=1&ei=YzizXNWKENm95OUP1e60iAE&q=falta+de+moradia+digna+no+brasil+por+estado&oq=falta+de+moradia+digna+no+brasil+por+estado&gs_l=img.3…105113.105113..106333…0.0..0.464.464.4-1……0….1..gws-wiz-img.Gwl6xOgfBbY#imgrc=E-3-m7IcDeZTjM:/acesso em 14/04/19 às 10:44.

Texto IV

PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir da leitura dos textos motivadores e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija um texto dissertativo-argumentativo em modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema “A falta de moradia digna no Brasil”, apresentando proposta de intervenção que respeite os direitos humanos. Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.